5.05.2005

sms

Cousas que nos chegam por sms:

"Campiom do mundo de mountain bike provoca destrozos em mobiliário urbano em Vigo, esta fim de semana. Estamos a aguardar pola condena da CIG (passa-o)".

E como diziam os outros (eram outros também os tempos), se isto vos parece hermético, temos abrelatas.

Outro dia falaremos do tema da normativa.

4.26.2005

Emigrar por recomendaçom da Junta (II)

Já falaramos disto. Mas é que às vezes é impossível dizer que chove: é que mejam por nós.

Outro dia falaremos do tema da normativa (ainda que vendo o nível do debate no PGL, dam ganhas de marchar...)

4.15.2005

Manuelmarianismo (II)

avisaramos nós de que esta eterna praga divina de Manuelmarianismo furibundo e exacerbado nom ia ter fim. Isto que reproduzimos agora chegou pola rede.
Sam Caralámpio nos acolha a todos e a todas no seu seio, ou nas suas cuncas de vinho. Descanse em paz, hom, descanse em paz!

Homenaxe a Manuel María
Morrazo, abril 2005

A Comisión Organizadora dos actos da Homenaxe do Morrazo ao poeta Manuel María que se van celebrar os días 21, 22 e 23 de abril de 2005 no Auditorio Municipal de Cangas comunícalles os actos programados e solicítalles a súa colaboración na divulgación dos mesmos.

MESA REDONDA
"Manuel María, poeta nacional"
Auditorio Municipal de Cangas Xoves, 21 de abril ás 20 horas coa participación de intelectuais e escritores amigos coñecedores da súaobra MANUELA ÁLVAREZ, XOSÉ VÁZQUEZ PINTOR, BAUTISTA ALVAREZ, MIGUEL ANXO FERNÁN VELLO e BERNARDINO GRAÑA.
Presenta PILAR FERNÁNDEZ, poeta.

RECITAL POÉTICO
Día 22 de abril, venres ás 20,00 no AUDITORIO MUNICIPAL de Cangas.
Leitura de poemas de Manuel María.Coa participación do gaiteiro Iván Costa Blanco e a Coral Polifónica de Bueu

CONCERTO MUSICAL
Sábado, 23 de abril ás 21 horas no auditorio Municipal de Cangas coa participación de: Na Virada, Tino Baz, A Quenlla, Xavier Blanco, grupo de baile Axoúxeres- Meiramar: estrea da “Danza do Espantallo” (escenificación dunha escena agrícola) , Grupos tradicionais de GaitasManxadoira (Bueu) e Tromentelo (Coiro).

ENTIDADES QUE ORGANIZAN E PATROCINAN OS ACTOS DE HOMENAXE DO MORRAZO AO POETA MANUEL MARÍA: Asociación Cultural A Cepa (Cangas) Asociación de Mulleres (Moaña)Asociación Cultural de Meiro (Bueu) Asociación Nós (Moaña) Asociación Xiria (Cangas) Asoc. Cult. As Lagoas (Bueu) A.C. Cacarexo. Coiro (Cangas) Lonxa Literaria (Moaña) Casa Museo de Camaño Xestido A Mangallona Asociación de Veciños Rio Bouzós (Coiro) Embarcacións Tradicionais (Bueu) Casa dos Druídas (Vilaboa) Clube de Xadrez (Bueu) Cine- Club (Cangas) Cine-Clube ( Bueu) Libraría Maraxe (Cangas) Libraría O Puntillón (Moaña) Libraría Viláfer- Paula (Cangas) Libraría Abrente (Bueu) Agrupación Axóuxeres- Meiramar (Moaña) Grupo Tradicional Manxadoira (Bueu) Agrupación Musical Na Virada. Coral Polifónica de Bueu Equipo de Normalización Lingüística CEIP Espiñeira (Aldán) Teleinmobiliaria Caerpuma, S. L.Faro de VigoAuditorio Municipal de CangasConcello de CangasConcello de MoañaCIG- Ensino (Morrazo)Deputación Provincial de Pontevedra. Asociación de Escritores en Lingua Galega Asociación Socio-Pedagóxica Galega Mesa pola Normalización LingüísticaXornal A Nosa Terra.

O Morrazo, abril de 2005.
Comisión Organizadora
Homenaxe a Manuel María
"Un poema é un ser vivo que anda, respira, soña, chora, salouca, ama,berra, cintila e escurece, (...) E nunca morre". Manuel María

Outro dia falaremos do tema da normativa.

Exclusiva!: Descobrimos o motivo polo que Jaureguizar nom é reintegracionista (practicante)!

Levavamos tempo tras desta informaçom, mas fruto dum extenso e intensivo trabalho da nossa equipa de investigaçom, dimos com o verdadeiro motivo de porquê o Jaureguizar nom é reintegracionista practicante.

E é que nom é o mesmo facer amigos com c que fazer amigos com z. ; )

Mas damos-lhe gratuitamente umha soluçom ao conflito: mude o nome do seu blog, e chame-lhe: A nova máquina de fazer amigos de Jaureguizar.

Outro dia falaremos do tema da normativa (!?).

PD/ A Maria Yañez também se pode fazer practicante, pois o TudoNada está livre no blogshome. Nom assim na sua antiga casa. De nada.

4.02.2005

Para fazer um poema

Pegue num jornal.
Pegue numas tesouras.
Escolha um artigo do jornal com o comprimento que quer dar ao seu poema.
Recorte o artigo.
De seguida recorte cuidadosamente cada uma das palavras do artigo e coloque-as numa bolsa.
Agite-a com suavidade.
Agora retire um recorte de cada vez.
Copie-os conscienciosamente pela ordem que saíram da bolsa.
O poema parecer-se-á consigo.
E você será um escritor de uma sensibilidade encantadora e infinitamente original, ainda que incompreendido pela gentalha vulgar.

Tristan Tzara (Para fazer um poema dadaísta)

Depois da tontaria de onte, dia das mentiras, hoje recolhemos cá este poema de Tristan Tzara, que sempre nos pareceu do melhor do melhor entre todo o melhor. Tiramo-lo dos Universos Desfeitos.

Outro dia falaremos do tema da normativa.

4.01.2005

INTERNET SHUTDOWN

Nom acostumamos a recolher cá os correios que nos enviam, mas este parece-nos especilamente importante, por tratar-se dumha questom tam séria. Fornecemos aos nossos leitores e leitoras para que actuem em conseqüência.
Depois nom vos lamentedes se as vossas conexons à Internet nom funcionam bem!


From: "INTERNET REPRESENTATIVE OFFICE PORTUGAL" Newsgroups: pt.geral, telepac.geral
Subject: INTERNET SHUTDOWN (Internet desligada por 1 dia)
Date: 1 Apr 2005 00:00:00 GMT
Organization: IRO

AVISO

Chegou, outra vez, aquela altura do ano!

Tal como muitos de vocês sabem, todos os anos a Internet tem que fechar por um período de 24 horas, de maneira a permitir uma limpeza geral.

O processo de limpeza, que elimina os e-mails perdidos, ftp's inactivos, www e outros locais perdidos. Isto permite melhorar a produtividade e aumentar a velocidade.

Este ano, o processo de limpeza terá lugar desde as 00:01 UT até às 23:59 UT de dia 1 de Maio (que por ser feriado universal irá causar impactos mínimos).

Durante este período de 24 horas, cinco poderosos motores de busca, situados em locais estratégicos do mundo inteiro, procurarão a Internet e apagarão quaisquer documentos obsoletos que encontrarem.

De maneira a proteger os seus dados valiosos, pedimos que faça o seguinte, ANTES das 00:00 UT de 1 de Maio:

1. Desligue todos os terminais e cabos de rede das ligações Internet.

2. Desligue todos os serviços que eventualmente possua na Internet.

3. Desligue todos os discos ou dispositivos de salvaguarda de dados da Internet.

4. NÃO ligue qualquer dispositivo à Internet, nem mesmo tente utilizar serviços off-line de mail.

5. Cancele todos os serviços eventuais que possua agendados para 1 de Maio.

Compreendemos a inconveniência que esta operação possa causar a alguns utilizadores da Internet, e pelo facto pedimos desculpa. De qualquer modo, estamos certos de que os inconvenientes serão largamente suplantados pelo aumento de velocidade e eficiência da Internet, uma vez que tenha sido cuidadosamente limpa do lixo electrónico.

Agradeçemos a sua compreensão.

Mark Diardensen(responsável para Portugal, da Interconnected Network™ - IRO *PT*)Massachusetts Institute of Technology

Ps :Chamamos a atenção dos SYSOP's e outros, de que desde a última operação de limpeza, o número de utilizadores da Internet aumentou exponencialmente. Por favor ajudem-nos nesta tarefa, doutrinando os vosso utilizadores, através da senbilização possível e passando esta mensagem aos vossos Sub-SYSOP's. Antecipadamente gratos.


"This is a test designed to provoque a human response"

e-mail: fiat.lux@earthling.net
http://netizens.hpv.pt/jcastelb

3.30.2005

Jesus (Cristo) estava pola legalizaçom

Vaia... É de supor que estaria se é certo isto que di a imprensa séria (temos que reconhecer que o descobrimos indo de cá para lá neste proceloso mar da rede de redes).
Mas nom pensedes que os papeis de pedrojota som sempre tam assi. Para quedar bem com todo o mundo, dar umha de cal e outra de areia, nadar e guardar a roupa, pôr umha vela ao deus e outra ao dianho, etc... etc.. etc..., dos colmos dos ditos populares, publicam também este comentário, que parece tirado dum monólogo desses de canalpus do clube da tragédia (perdom, oficialmente é da comédia).
Claro, que esse titular se calhar ajuda-nos a compreender o motivo do malestar de algumhas pessoas da família real que nas últimas semanas andava polos media. Quem sabe!

E, já postos, com esta outra entenderemos porque sempre os políticos levam os discursos escritos.

Outro dia falaremos do tema da normativa.

3.28.2005

Temos um nome para tod@(s)

"Lo que ocurre después no se sabe, algunos habrán alcanzado a ver y han perecido, borrados instantaneamente por el gran olvido negro, otros se han conformado con el escape chico, la casita en las afueras, la especialización literaria o ciéntifica, el turismo". Julio Cortázar (Rayuela, 71).


"Foi lá que vi, pela primeira vez , o arbusto que dão o algodão. Encontra-se também nos bosques uma arvore cuja casca é composta de fibras extremamente fortes, que serve para fazer cordas, e que é chamada de Mahot".
Amadee François Frezier , 1712. Fonte: Ilha de Santa Catarina, Relatos de Viajantes Estrangeiros nos Séculos XVIII e XIX Florianópolis, Assembléia Legislativa, 1979.

A mulher de Bogart na época das gravaçons de Casablanca, Mayo Mahot, achava que seu marido pensava diferente da personagem e chegou a ameaçá-lo de morte se soubesse que ele tivera um relaçom com Ingrid Bergman. A cousa chegou a tal ponto que a Warner fez um seguro de vida no valor de 100 mil dólares para Humphrey Bogart .... Curiosidades arredor de Casablanca, o filme.

Los pastores de la Iglesia Reformada de Francia y sus alianzas. Quer dizer, os hugonotes.

Temos um nome para todas. Temos um nome para todas. Temos um nome para Todo.


Outro dia falaremos do tema da normativa

Água e chuva

Nestes dias, o tema recorrente é que se chove ou deixa de chover, que se já fazia falta, que se o mau é que bem rápido nos cansamos dela, que se vai parar, que se nom, que se agora já e tarde, que se com isto nom chega para encher os pántanos,...

Pois si, nós também, por nom saber que dizer, recorremos ao tema recorrente. Mas é que o da água, vai ser um problema maior do que já é.


Outro dia falaremos do tema da normativa.